Vasco

Após operação “Carne Fraca”, Polícia Civil instala a operação “Técnico Fraco”. Veja quem está na lista


A Polícia Civil entrou no mundo futebolístico com a operação “Técnico Fraco”. O objetivo da operação é denunciar todos os técnicos que já fizeram diversas torcidas se revoltarem ao mostrar seu trabalho na beira do campo. Dez “técnicos” foram enquadrados na operação e irão responder por isso.

Em primeiro lugar, apareceu Celso Roth. Ao ser abordado, o técnico instalou uma retranca jamais vista. A ação dificultou o trabalho dos policiais para que desse continuidade na operação.

Logo após, apareceu Cristóvão Borges. De imediato, o “técnico” não esboçou reação nenhuma, aceitou a operação e foi bastante simpático com os policiais durante todo o processo.

O terceiro a aparecer na lista, foi o ex técnico da seleção brasileira, Dunga. Extremamente ignorante, porém com traje de gala, Dunga não aceitou a operação e disse que estava completamente dentro da sua razão, tirando toda dos policiais.

Zé Ricardo foi o quarto a ser enquadrado. O profissional foi encontrado em sua residência e quase passou batido. No momento da abordagem, ele já estava ganhando os policiais com seus argumentos, mas ficou com medo e se fechou. Também foi levado.

Milton Cruz apareceu na lista, mas ainda não se sabe se será enquadrado. Ele garantiu que não é técnico de futebol, fez um bico e já está voltando para sua função de auxiliar.

O último da lista foi o Argel. O técnico é acusado de fu#@% todos os times que passou, gerando um enorme constrangimento para os torcedores.

A operação está no início e segundo informações, ainda há mais nomes que serão divulgados em breve. A operação Técnico Fraco ainda pode se expandir para outras áreas do futebol.

Veja esta notícia fictícia no Facebook

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *